Você esta aqui Home Nossos temas Atuação Internacional Programas Participação no Mercosul

Atuação Internacional

Programas

Participação no Mercosul

Bloco de países dispõe de reunião temática de direitos humanos, um espaço de debate dos temas relevantes sobre o assunto

O Mercosul tem evoluído, desde sua criação em 1991, de um bloco regional de cunho meramente econômico para uma associação de países que pretende integrar-se também no âmbito social e político. À luz desse processo, criou-se, em 2005, a Reunião de Altas Autoridades em Direitos Humanos e Chancelarias do Mercosule Estados Associados (RAADH).

A RAADH é espaço privilegiado de debate para os temas de direitos humanos relevantes para os países da região. O fórum visa a fomentar a integração de políticas de promoção dos direitos humanos no âmbito do bloco (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela) e dos Estados Associados (Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru).

A RAADH estrutura-se em seis comissões permanentes e três grupos de trabalho temáticos, que aprofundam as discussões sobre diferentes temáticas de direitos humanos e se reportaram à Reunião Plenária das Altas Autoridades. São discutidos Direitos da Criança e do Adolescente; Educação e Cultura em Direitos Humanos; Direito a Memória, Verdade e Justiça; Discriminação, Racismo e Xenofobia; Direitos das Pessoas com Deficiência; Direitos dos Idosos; Indicadores em Direitos Econômicos, Sociais e Culturais; Gênero, Diversidade e Identidade (LGBT) e Direitos Humanos das Mulheres.

A articulação no âmbito no Mercosul resulta também em posições comuns defendidas em bloco em outros foros de direitos humanos, especialmente nas Nações Unidas e na Organização dos Estados Americanos.

A participação do Brasil na Reunião é coordenada pela SDH, que cuida da articulação entre as atividades do foro internacional e os atores do âmbito doméstico do Brasil relevantes para as diferentes temáticas em pauta.

A Assessoria Interacional da SDH coordena também a participação brasileira no Conselho de representantes Governamentais que atuam junto ao Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul (IPPDH). As funções principais do Instituto são a cooperação técnica, a pesquisa, as atividades de formação e o apoio à coordenação de políticas regionais em direitos humanos.

Compartilhar

Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone