Crianças e Adolescentes

A Secretária

Cláudia de Fretas Vidigal tomou posse do cargo de Secretária Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério dos Direitos Humanos no dia 15 de setembro de 2016. Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especialista em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Cláudia atua há mais de 20 anos em organizações da sociedade civil como militante pela defesa dos direitos da criança e adolescente.

Fundadora do Instituto Fazendo História, que atua no acolhimento de crianças e adolescentes, Cláudia atuou também em outras entidades de proteção, como a Associação Vagalume, para o desenvolvimento comunitário na Amazônia Legal Brasileira. Foi também vice-presidente da Outward Bound, instituição de origem britânica.

Considerando que sua trajetória profissional e de defesa de direitos foi sempre junto às organizações da sociedade civil, Cláudia Vidigal avalia que assumir o cargo na Secretaria é uma oportunidade transformadora. "As políticas podem acontecer do gabinete para o território ou do território para o gabinete. Podemos aproveitar a vivência da prática para a construção dessas políticas. Já estou opinando e participando de projetos transformadores, nas áreas do fortalecimento dos conselhos e do sistema de garantia de direitos", afirma.

A nova secretária destaca o sistema nacional socioeducativo, que lida com os adolescentes em conflito com a lei, como o principal desafio de sua gestão. "É uma área com muitos problemas e desafios, mas principalmente com muitas oportunidades. Há um campo de trabalho amplo com iniciativas brilhantes aplicadas em alguns municípios que precisam ser conhecidas e reconhecidas. Precisamos gerar visibilidade e reconhecimento para que estas iniciativas gerem novas práticas em todo o país", explica.

Compartilhar

Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone