Você esta aqui Home Notícias 2017 Junho Ministra solicita inclusão de religiões de matriz africana nos quadros de capelão naval

2017

Junho

Ministra solicita inclusão de religiões de matriz africana nos quadros de capelão naval

05/06/2017

A Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, solicitou nesta segunda-feira (05) ao Ministério da Defesa a revisão do edital do concurso público para ingresos no quadro de capelães navais do Corpo Auxiliar da Marinha (CP-CapNav). O edital oferece quatro vagas para Sacerdote da Igreja Católica Apostólica Romana, 01 (uma) vaga para Pastor da Igreja Assembléia de Deus e 01 (uma) vaga para Pastor da Igreja Batista.

A ministra considerou o edital discriminatório, já que não contempla, por exemplo, as religiões de matriz africana. "Eu adoro a minha religião, mas respeito muito a todas as outras. Nós também temos nossos sacerdotes e sacerdotisas, ialorixás e babalorixás, que precisam ser contemplados nas políticas públicas", afirmou.

O Quadro de Capelão Naval é um dispositivo de assistência religiosa aos militares desta força. A carreira teve sua primeira turma concursada em 1994. Anualmente, são selecionados candidatos com formação teológica de nível universitário e que estejam devidamente reconhecidos pela autoridade eclesiástica de sua religião. Ao fim do curso de formação, os candidatos são nomeados Oficiais da Marinha do Brasil, no posto de Primeiro-Tenente.

Compartilhar

Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone