Você esta aqui Home Notícias 2017 Setembro Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo tem novos representantes para o biênio 2017-2019

2017

Setembro

Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo tem novos representantes para o biênio 2017-2019

Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo tem novos representantes para o biênio 2017-2019

Legenda da foto: Secretário nacional dos direitos da pessoa com deficiência, Marco Antonio Pellegrini (direita), ao lado do secretário municipal da deficiência e mobilidade reduzida de São Paulo, Cid Torquato, na cerimônia. Foto: João Luis das Dores

06/09/2017

A cidade de São Paulo tem novos conselheiros no Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência. Tomou posse no último sábado, 2 de setembro, o novo colegiado que trabalhará nos próximos dois anos sob liderança da nova presidente Ana Cláudia Domingues. O secretário nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Antonio Pellegrini, prestigiou a cerimônia, e reforçou a relevância da articulação entre representantes dos movimentos da pessoa com deficiência e os governos de todas as esferas na construção de políticas públicas voltadas a essa população.

“É entusiasmante verificarmos a maciça presença do público paulistano com deficiência na eleição e posse de seus novos representantes. Só se faz política pública eficiente, adequada às reais demandas do público-alvo, a partir da participação séria e comprometida das lideranças desse mesmo segmento populacional”, sustentou Pellegrini. “Desejamos sorte e sabedoria ao grupo nesse novo mandato, certos de que contarão com o respaldo do secretário municipal da Deficiência e Mobilidade Reduzida, Cid Torquato, igualmente empenhado numa gestão participativa entre governo e sociedade civil”, afirmou. Ele ressaltou ainda que as portas da Secretaria Nacional também seguirão abertas para sugestões que estejam efetivamente voltadas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência.

Em São Paulo, existem aproximadamente três milhões de pessoas com deficiência. A parceria entre a secretaria municipal e o conselho tem buscado o desenvolvimento de ações focadas nas demandas específicas de cada região paulistana, com o objetivo de garantir maior agilidade no acesso, ingresso e permanência da pessoa com deficiência em todos os serviços oferecidos à comunidade.

Além disso, a meta é integrar os diversos órgãos da administração pública municipal no desenvolvimento e implantação de programas voltados às necessidades da pessoa com deficiência em todas as áreas, como habitação, trabalho, assistência social, saúde, esporte e lazer, comunicação, educação, transporte, cultura, sempre com foco na eliminação das barreiras e promoção da mobilidade.

Parcerias

Da mesma forma, a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência tem contado com a fundamental parceria das lideranças da sociedade civil na execução de seus projetos. Uma amostra dessa orientação, de gestão conjunta e democrática, foi o lançamento, em agosto, de um edital que ofereceu recursos de R$ 80 mil a 15 instituições do segmento para ações de “Fortalecimento do Movimento Civil de Pessoas com Deficiência”. Entre outubro e novembro, por exemplo, a Secretaria empreenderá uma iniciativa de formação de jovens lideranças, que buscará jovens nas cinco regiões do país para a atuação e multiplicação de informações sobre direitos das pessoas com deficiência.

 

Legenda da foto: Secretário nacional dos direitos da pessoa com deficiência, Marco Antonio Pellegrini (direita), ao lado do secretário municipal da deficiência e mobilidade reduzida de São Paulo, Cid Torquato, na cerimônia de posse do novo conselho municipal, em 02 de setembro, na Praça das Artes, no centro de São Paulo

Compartilhar

Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone